Blog

Alma Gêmea: amor transcendental

Há um mito grego, encontrado no livro O Banquete de Platão, que diz resumidamente que no início dos tempos, os homens eram seres completos, com duas cabeças, quatro pernas e quatro braços. Considerando-se seres tão bem desenvolvidos, os homens resolveram subir aos céus e lutar contra os deuses para ocupar seus lugares. Entretanto os deuses venceram a batalha, e Zeus resolveu castigar os homens por sua rebeldia. Tomou na mão uma espada e cortou todos os homens, dividindo-os ao meio. Dessa forma, eles caíram na terra novamente e cada um saiu à procura da sua outra metade. Esse ficou conhecido como o Mito da Alma Gêmea, e foi possivelmente o primeiro registro que temos desse conceito.

Mas atualizando essa ideia, podemos definir alma gêmea como “alguém que você conhece de algum outro lugar no tempo – a preexistência”. Seu coração irá instintivamente se lembrar e amar esse ser. Haverá uma atração magnética entre vocês que faz o coração bater forte e existir uma química intensa. Tem algo diferente nessa conexão, ela é espiritual, física e psíquica, como se lessem os pensamentos um do outro e sentissem o que o outro sente.

Entretanto nem sempre as almas gêmeas são compatíveis. Estamos prontos para uma alma gêmea quando aprendemos a de fato nos amar, mas isso não significa que não possamos encontra antes disso. Uma relação assim é tão intensa que pode ser maravilhosa ou destrutiva, depende de como você se sente sobre si mesmo.

Quando vibramos no amor próprio, nosso chacra do coração se abre e essa energia desencadeia o chacra sexual, que chama a alma gêmea. Levando em conta que temos mais de uma alma gêmea, precisamos saber exatamente o que queremos, para vibrar na energia que atrairá a nossa alma gêmea mais compatível. Até porque podemos ter encontros de alma gêmeas não-românticos, ou seja, nossa mãe pode ser uma de nossas almas gêmeas, nosso melhor amigo, e por aí vai!

Existem sinais que nos ajudam a identificar nossas almas gêmeas: vocês dois se sentem totalmente à vontade um com o outro desde o dia em que se conheceram; há desafios na relação que fazem com que cresçam muito; quando juntos, perdem a noção de tempo-espaço; vocês podem ter flashbacks, lembranças de outras vidas; vocês se conectam só no olhar; entre outros. Bom, não há regras, mas seus corações saberão! E pode soar duro, mas nem sempre vocês ficarão juntos por toda a vida. As pessoas ficam conosco a tempo necessário para o desenvolvimento mútuo.

Lembre-se também que outra pessoa nunca pode te completar. Se você não é uma pessoa plena em si mesma, não terá nada para adicionar a um relacionamento. Para manifestar sua alma gêmea, primeiro você deve acreditar que merece amor! Que pode receber e doar amor!

E você, já reencontrou alguma de suas almas gêmeas?

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *